Veja agora as vantagens de uma ordem de serviço na oficina mecânica!

A comunicação eficaz entre os membros da empresa é fundamental para o sucesso do negócio. Neste contexto, a ordem de serviço é um elemento importante, pois ajuda a organizar os processos na oficina, o que traz impactos no relacionamento entre as equipes, na satisfação dos clientes e, é claro, nas finanças.

Continue a leitura para conhecer os principais benefícios da ordem de serviço na oficina, desde o registro dos serviços até a otimização da gestão financeira. Vamos lá?

O que é uma ordem de serviço?

A ordem de serviço é um documento que facilita a comunicação dentro da oficina, pois permite registrar a autorização para que uma atividade seja realizada. Com ela, as equipes, clientes e gestores do negócio se entendem com mais facilidade.

Na ordem de serviço, devem ficar registrados itens como:

  • número da ordem de serviço (para não a confundir com outras ordens);
  • data e hora (que ajudam a medir o tempo necessário até a conclusão do serviço);
  • reparos que devem ser realizados;
  • quantidade e custo dos materiais a serem utilizados;
  • prazo para a entrega do serviço;
  • valor total do serviço prestado.

A ordem de serviço proporciona segurança ao cliente, pois transmite uma sensação de profissionalismo por parte da empresa contratada. Além disso, deixa mais clara a rotina da oficina, possibilitando aos gestores identificar a necessidade de contratar mais pessoal, além de permitir uma melhor distribuição de tarefas entre todos os membros da equipe.

Mas esses são apenas alguns benefícios da ordem de serviço. Quer conhecer outros? Siga em frente!

Quais são os principais benefícios de usar a ordem de serviço na oficina?

Já entendemos o que é uma ordem de serviço e algumas das vantagens que ela proporciona a uma oficina. Agora, vamos detalhar um pouquinho mais como ela pode alavancar a qualidade do serviço prestado e até mesmo os lucros do negócio. Confira!

Acompanhar a produção e controlar comissões

Uma das funções da ordem de serviço é registrar quem é o responsável por uma determinada tarefa. Assim, fica clara a definição de quem deve levar o trabalho adiante e não surgem problemas por não se saber qual funcionário deveria executá-la. Além disso, todas as atividades a serem desenvolvidas são relacionadas, não abrindo espaço para desculpas como “não sabia que era para fazer isso”. Isso ainda facilita o controle de comissões por serviço entregue, caso a oficina trabalhe com este método, e ainda ajuda o gestor a entender melhor qual a produtividade de cada profissional.

Controlar estoque e preços

As ordens de serviço também dão suporte ao controle de estoque, pois é possível programar o sistema para que ele avise quando um item incluído em uma nova ordem está perto de acabar. Assim, fica mais fácil fazer uma previsão de compras, o que evita desgaste com clientes por falta de material — afinal, a indisponibilidade de uma peça pode atrasar a entrega de um serviço, o que nunca é algo positivo. Além disso, permite estar em dia com os preços praticados no mercado.

Otimizar a gestão financeira

Ao estar em dia com o controle de estoque e de preços, e ao ter uma noção clara a respeito da produtividade da equipe e dos custos dos materiais a serem utilizados em cada serviço, a gestão financeira da oficina só tem a ganhar. Neste contexto, a ordem de serviço ajuda a evitar compras desnecessárias, permite pesquisar preços antes de adquirir materiais com valores mais em conta e, ainda, possibilita designar tarefas para os profissionais mais produtivos.

Viu só como implantar a ordem de serviço na oficina proporciona um processo organizado de informação para atender as suas demandas diárias? Para continuar acompanhando nossas dicas, siga nossa página no Facebook.

877

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *