Aprenda agora mesmo como fazer um orçamento na sua oficina

Quando falamos do início de uma discussão para o fechamento de um serviço em uma oficina, um dos primeiros pontos que devemos pensar é a questão do orçamento. Para que haja uma boa relação entre cliente e estabelecimento, o custo-benefício deve ser favorável para ambos, a fim de que ninguém saia prejudicado.

No entanto, uma das principais dúvidas nesse momento é: como fazer o orçamento de uma maneira ideal? Isso porque os problemas administrativos e financeiros podem ser evitados quando os cálculos são executados de forma correta.

Pensando nisso, elaboramos este post, para que você entenda a importância de elaborar um orçamento e saiba como fazer isso em sua oficina. Acompanhe!

Como fazer um orçamento na oficina?

O cálculo orçamentário é feito para saber quanto será gasto e qual a arrecadação de uma determinada prestação de serviço. É um instrumento fundamental para o planejamento financeiro e o faturamento da empresa. Assim, não pode ser realizado de qualquer jeito, pois isso pode causar prejuízos.

Na hora de falar de preços, há uma série de fatores que devem ser colocados na calculadora para que um valor agradável venha à tona. O trabalho do profissional é saber equilibrar a qualidade do serviço prestado e sua remuneração. Esta nunca pode ser prejudicial à empresa ou causar desfalque no valor final, deixando a organização sem lucros.

Nesse sentido, há algumas dicas que podem ser seguidas para que possíveis problemas sejam evitados. Confira!

Identifique custos e despesas

Em alguns casos, é possível que já haja um preço predeterminado para serviços específicos, que não necessitam de um grande detalhamento de peças e equipamentos.

Contudo, na maior parte dos serviços, o preço pode ser muito flutuante, variando de acordo com os danos presentes no veículo. Dessa forma, a averiguação do serviço a ser feito precisa ser minuciosa, para que não haja dúvidas de todo o processo que será realizado. Tudo que deverá ser comprado precisa estar em mente durante a negociação, para a formação de um preço final.

Realize uma pesquisa de mercado

Busque saber como estão os preços do mesmo serviço que está sendo oferecido em outras oficinas. Se o cliente está em dúvida sobre onde o trabalho será realizado, tente sempre ganhá-lo. Além disso, trabalhe com valores melhores, prazos mais agradáveis e brindes, mas sempre na medida do possível. Todas essas variantes devem estar presentes na hora de fazer um orçamento.

Outro aspecto relevante são os preços atuais dos equipamentos necessários. Eles sempre devem estar atualizados na pesquisa de preços, para que não haja confusão no orçamento.

Dê atenção à qualidade do serviço

Além de pensar em não estourar o limite de renda possível para cada trabalho, o profissional claramente tem que analisar a qualidade do que será oferecido. Um bom preço pode ser atrativo para muitos, mas, se os resultados não compensarem, claramente não haverá o retorno do cliente, o que vai prejudicar a imagem de seu estabelecimento.

Saiba qual a precificação ideal

Além dos custos com os materiais, ainda podem acontecer imprevistos. Isso é algo que deve ser levado bastante em consideração. É a adição da margem de erro no valor final para eventuais complicações, como reposição de peças que possam quebrar, reposição de funcionários e outros problemas.

Com todos os gastos em mente, é possível realizar a formulação final dos custos, que será negociada com o cliente interessado.

Faça uma previsão dos serviços prestados

É necessário que todo o processo seja descrito para o interessado. Uma boa comunicação é fundamental na hora de passar os resultados previstos. Além disso, o entendimento completo do cliente pode ser determinante para o fechamento do negócio.

Como vimos, é muito importante saber como fazer o orçamento em uma oficina. Assim como os processos, os valores devem ser apresentados com clareza, e uma maneira simples de expor esses dados para o cliente é com o auxílio da tecnologia atual. Existem formas muitos fáceis de fazer isso, como a atualização por meio de mensagem e e-mails ou até mesmo por um aplicativo próprio.

Gostou do nosso post sobre como fazer um orçamento? Então, não deixe de conferir 5 fatores de controle financeiro em uma oficina!

182

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *