fbpx

Análise de concorrência: como fazer corretamente na sua oficina?

análise de concorrencia

Ao planejar o início e o desenvolvimento do seu negócio próprio, o investidor deve sempre estar atento a todas as variáveis que podem ocorrer no estabelecimento. Uma das principais é: como vou me situar em um mercado com diversos concorrentes?

Independentemente de sua área, uma coisa deve sempre estar clara: você não é o único oferecendo tais serviços e produtos. Nesse caso, a análise de concorrência é um fator fundamental, pois ela o ajudará a entender melhor como você vai comandar seu investimento de uma maneira lucrativa.

Por isso, neste artigo, vamos explicar a importância de fazer uma análise precisa dos concorrentes e mostrar algumas dicas para colocar esse processo em prática. Confira!

Como fazer a análise de concorrência na oficina mecânica?

Diversos pontos são avaliados em uma análise de concorrência, como logística, preço e tipo do serviço a ser oferecido. Quanto mais itens forem inseridos, mais preenchida será a análise final, oferecendo ao plano de negócio um direcionamento adequado.

Procure sempre estar em constante pesquisa. Uma forma simples de fazer isso é pela comunicação com aqueles que já são clientes cadastrados e utilizam o que seu oponente oferece. Essa pesquisa de mercado procura saber a satisfação do seu público-alvo em comum. É possível analisar o nível de interesse das pessoas, o que as levam a adquirir tais serviços, a frequência de compra, o que as atrai e outros fatores que possam ser discutidos.

A análise de concorrência é feita conforme as particularidades de cada empresa. Contudo, alguns passos não podem ser deixados de lado. Veja quais são eles.

Identifique seus maiores concorrentes

O primeiro passo é a identificação daqueles que podem concorrer com o seu produto. No caso de uma oficina mecânica, procure primeiramente encontrar negócios que possam ser ameaças para você, como oficinas que ofereçam os mesmos tipos de serviços e que trabalhem com os mesmos tipos de clientes em sua localidade.

Geralmente, a proximidade é um fator interessante e que deve ser estudado: se a localização do seu negócio for muito próxima a de outra oficina que ofereça serviços parecidos, isso pode gerar complicações na hora de atrair sua própria clientela.

Determine sua posição no mercado

A cautela é essencial, o recomendado é sempre fazer uma análise completa e se reconhecer no mercado. Você precisa direcionar sua oficina para que ela realmente faça parte do mercado de consumo, mas sempre conhecendo seus limites. Sempre analise aonde você quer chegar e o que fazer para alcançar essa posição.

Observe seus pontos fortes e fracos

Como dito, o autoconhecimento é tudo, sendo um ótimo jeito de avançar comercialmente. Deve-se sempre ter a noção do que é possível ou não realizar. Saber quais são seus pontos fortes ou fracos pode determinar as suas vantagens e desvantagens em relação aos dados adquiridos nas análises de concorrência feitas. Dessa forma, é possível moldar suas estratégias de negócios.

Fique de olho nas oportunidades e ameaças

As oportunidades e ameaças que cercam seu estabelecimento também devem sempre estar no topo de seus conhecimentos. Além disso, precisam ser constantemente revisadas, a fim de que contribuam ainda mais para o seu progresso.

Use as ferramentas certas

Os quatro últimos pontos citados (forças, fraquezas, oportunidades e ameaças) fazem parte de um método de análise chamado de SWOT — FOFA em português. Ele consiste em um diagrama que permite uma análise do seu negócio e que o ajuda a progredir na sua área de atuação.

Além do diagrama SWOT, há outras ferramentas que você pode utilizar para facilitar as suas pesquisas, como softwares, Google Alerts e Similar Web, que ajudam na identificação dos concorrentes.

Você nunca estará totalmente certo sobre tudo que está inserido no mundo dos negócios. Assim, a pesquisa sobre investimentos, ações e caminhos deve ser constante.

Isso faz com que a análise de concorrência seja definitivamente indispensável no início de sua produção e até mesmo quando sua marca já estiver gravada no mercado, para que sempre haja uma alta nos negócios, evitando grandes desfalques devido aos avanços dos concorrentes.

Gostou deste post? Então, continue nos acompanhando pelo Facebook e fique por dentro das principais novidades sobre gestão de oficinas.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *